Dúvidas Frequentes

Fizemos uma lista das dúvidas mais frequentes que nossos clientes nos perguntam, pode ser que seja de bastante valia para você. Qualquer dúvida que não esteja abaixo, não hesite em nos contatar.

Por quanto tempo dura o sistema solar?

Estudos apontam que em média, desde que sejam feitas as corretas manutenções, um sistema fotovoltaico conectado à rede tem uma vida útil de 25 a 40 anos. Os painéis solares de qualidade tem garantia de eficiência em torno de 25 anos com funcionamento de 80% de seu desempenho original. Portanto os inversores precisam da troca do aparelho quando completam em média de 12 a 15 anos.

Instalando energia solar eu zero minha conta de luz?

Não. Devido ao sistema ser conectado à rede da distribuidora, e mesmo que a geração de energia ao longo do mês seja superior ao consumo, ainda assim terá que pagar o valor mínimo de disponibilidade da concessionária no caso de baixa tensão.  A nossa empresa, GB Solar, para evitar esse custo gerado, dimensiona seu sistema descontando essa disponibilidade cobrada pela concessionária (ex: se você tem um consumo de energia de 500 kWh/mês e disponibilidade mínima fornecida pela distribuidora é de 30kWh/mês, faremos um sistema de 470 kWh/mês) assim evitaremos um custo desnecessário. 

As placas solares geram energia em dias de chuvas?

Sim. Os módulos fotovoltaicos por serem uma tecnologia de última geração, trabalham na conversão da luz em corrente elétrica. Por mais que em dias de chuvas e nublados a incidência da luz seja menor, ainda assim ocorrerá a produção de energia elétrica, mas em baixa escala.

É possível a comercialização da energia gerada?

Até o momento é proibido a venda da energia excedente.

É possível gerar energia em um local e utilizar o excedente em outro ponto de consumo?

Sim. Desde que o outro ponto esteja na mesma área de atuação da concessionaria e possua titularidade de uma mesma Pessoa Jurídica, incluindo matriz e filial, ou Pessoa Física.

Quando ocorre créditos energéticos?

Isso é possível quando a geração de energia produzida é maior que a energia consumida, então seu sistema solar estará injetando energia elétrica na rede da concessionaria, ao passar no medidor bidirecional ele gira no sentido contrário, assim gerando o crédito energético.

Como utilizar meus créditos excedentes?

Após a geração dos créditos energéticos, a concessionária devolve de forma automática quando não há produção suficiente de energia gerada pelo sistema, sendo eles em períodos de dias chuvosos, nublados e a noite.

Qual é a validade dos créditos excedentes?

Toda energia excedente acumulada pode ser utilizada em um período de até 60 meses.

O que acontece quando para de funcionar a energia da concessionaria?

Devido a energia estar conectada à rede, não haverá energia elétrica também, isso ocorre como um método de proteção para que não haja eletricidade circulando do seu sistema para a rede no mesmo instante em que os técnicos estiverem fazendo a manutenção da linha.

O sistema necessita de manutenção?

Sim. Porém o sistema solar foi projetado para durar em média 25 a 30 anos, sendo assim, a manutenção desse sistema é mínima, apenas é recomendado anualmente 1 a 2 limpezas simples, o serviço pode ser executado com um pano úmido.

Qual a garantia do sistema?

As placas solares têm garantia de performance durante 25 anos com uma degradação de 20%, assim garantindo um funcionamento de 80% no final desse ciclo. Já os inversores obtém uma garantia de 5 anos contra defeito de fabricação.

Além de tudo a nossa empresa GB Solar dá a garantia de 12 meses referente aos serviços prestados de instalação.

Preciso alterar o sistema elétrico do local de instalação do gerador solar?

Não necessariamente. Os sistemas foram projetados para funcionar de forma íntegra às instalações existentes. Apenas ocorrerão alterações no sistema elétrico se a instalação existente apresentar risco ao gerador solar. 

Qual é a ligação com a distribuidora?

A concessionaria é responsável por aprovar toda a instalação do local, pela troca do medidor convencional por um medidor bidirecional, por contabilizar os créditos energéticos excedentes em período de baixa produção e fazer a compensação em outros pontos consumidores. Portanto fique tranquilo, a nossa empresa GB Solar ficará responsável por todos os trâmites junto à concessionária, assegurando que o seu sistema fique de acordo com as normas técnicas para se conectar à rede de distribuição.

Posso instalar energia no meu condomínio?

Sim. A instalação pode ser feita tanto em edifícios como em condomínios residenciais, podem ser instalados o sistema para abater o consumo das áreas comuns. Caso haja excedente, pode-se ainda aproveitá-lo para abater o consumo individual de cada condômino.

É possível a instalação de energia solar em meu apartamento?

Sim. Porém existe duas possibilidades, a primeira delas é com a anuência dos demais vizinhos, instalar as placas na cobertura do prédio, e a outra é gerar a energia em algum outro imóvel, como uma área rural ou casa de praia. A energia excedente gerada nesse ponto pode ser aproveitada para abater a fatura do apartamento, desde que os dois imóveis estejam na mesma área de cobertura da distribuidora.

Posso instalar o sistema solar na sede da empresa e aproveitar a energia nas filiais?

Sim. Desde que a energia produzida na empresa esteja na mesma área de cobertura da distribuidora.

É necessário a utilização de baterias de armazenamento de energia?

Não. Graça a AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA – ANEEL a regularização da norma número 482 de 17 de abril de 2012 foi regularizada a geração distribuída, tornando possível a retirada das baterias de armazenamento. Graças a conexão com a rede, em momentos onde a geração de energia é maior que o consumo, ocorre um excedente. Portanto, ao invés de armazenar energia, toda energia gerada em excesso vai para unidade consumidora, isto garante que em momentos onde o consumo de energia é maior do que a geração produzida você terá a mesma quantidade sendo fornecida à sua casa ou empresa.

Como monitorar a geração de energia do meu sistema?

Primeiramente o local onde foi instalado tem que ter conexão com a internet, certificado disso, é possível o monitoramento em tempo real da geração do seu sistema em qualquer local do mundo através de um aplicativo de celular. Se não houver conexão com a internet o inversor informará no seu painel o quanto está gerando e também fornece um histórico de rendimento.

Como ficará meu sistema solar onde pago a compensação de créditos por posto horário?

Primeiramente se você é um grande consumidor de energia elétrica, provavelmente você paga a energia consumida por “posto horário” (“tarifa de pico” e “fora de pico”). Portanto, você paga mais para consumir energia no horário de pico. Neste caso se você paga 3 vezes mais nos créditos de energia gerados, você automaticamente tem que produzir 3 vezes mais crédito fora de pico.

A nossa empresa GB Solar calcula o potencial ideal do seu sistema de energia solar para que não gere mais energia que sua demanda. Desta forma você reduzirá o seu consumo e não gerará créditos de energia.

Quem pode fazer parte do sistema de créditos de energia solar?

Todas as pessoas que pretendem aderir ao sistema de compensação de créditos energéticos necessita apenas ser um “Consumidor Cativo”, ou seja, consumidores que compram energia diretamente da concessionaria onde vai ser realizado a homologação.

× Chat WhatsApp